Month – Março 2015

Terça feira- Material de jogo de bicho é apreendido

apreensão padua

Foi feita uma abordagem nesta terça- feira (31/03/15), à J.D.S. de 29 anos,  Com ele os Policiais encontraram vasto material de jogo de bicho e dinheiro em espécie.

Ele foi abordado na Rua Manoel Gonçalves Diniz, Bairro Tavares em Santo Antônio de Pádua, onde passava conduzindo sua motocicleta.

Na Operação encontravam-se os  Policiais Militares do Patrulhamento Tático Motorizado da 1ª Companhia do 36º BPM.

A ocorrência foi encaminhada à 136ª DP de Pádua onde J.D.S. foi autuado no artigo 58 da lei 6259/44.

Blog do Adilson Ribeiro

Terça-feira – MÉDICA QUE MANDOU CORTAR O PÊNIS DO EX-NOIVO É CONSIDERADA FORAGIDA

Myriam Priscilla Rezende de Castro
Myriam Priscilla Rezende de Castro.

A médica urologista Myriam Priscilla Rezende de Castro, 34, condenada a seis anos de prisão no regime semiaberto por ter mandado cortar o pênis do ex-noivo, é considerada foragida pela Suapi-MG (Subsecretaria de Administração Prisional do Estado de Minas Gerais).
Segundo o órgão, a detenta está foragida do complexo penitenciário Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Ela tinha autorização judicial para trabalho externo e não retornou à unidade prisional, após o expediente de trabalho, no dia 28 de janeiro deste ano.
Conforme nota, a Suapi informou ter lançado a fuga dela no Infopen (Sistema de Informações Penitenciárias).
“Com o alerta, ela pode ser presa a qualquer momento pelas polícias”, trouxe o informe. A médica cumpria pena no Complexo Estevão Pinto desde abril de 2014.
O advogado Giovanni Toledo, defensor da médica, classificou a emissão da nota da Suapi de “irresponsável”.
“A Suapi soltou essa nota de maneira totalmente equivocada e irresponsável. A Miryam estava com direito ao trabalho, saiu de manhã, no dia 28, e passou mal. Ela está grávida de gêmeos, uma gravidez de alto risco”, afirmou o defensor.
Ainda segundo ele, no dia 28, à tarde, ele disse ter ido comunicar a internação da cliente ao juiz do caso.
“No dia 29, o juiz deu um despacho no qual ele manda oficiar a penitenciária sobre a internação dela e retirar a nota de fuga. Aí, vem a secretaria e solta uma nota irresponsável dessa forma”, declarou.
Ainda conforme Toledo, a médica está com pressão alta, anemia grave e dilatação precoce do útero.
Relembre o caso
O crime contra o ex-noivo ocorreu em Juiz de Fora (278 km de Belo Horizonte), em 2002. A médica foi condenada em abril de 2009, mas não foi presa imediatamente em razão dos diversos recursos impetrados pelos seus advogados.
Ela só veio a ser presa em abril do ano passado, em Pirassununga (211 km de São Paulo), após expedição de mandado da prisão pela Justiça.
De acordo com o processo, à época do rompimento do casamento, a médica teria se revoltado contra o homem e passado a ameaçá-lo. Ele teve sua casa e um automóvel incendiados.
Em seguida, ainda de acordo com o processo, Myriam, com a ajuda do pai, teria contratado dois homens para mutilar o ex-noivo.
Uol Notícias

Terça-feira-17:48h ATUALIZADA 22:00H – Jovem morre após ser atingido com dois tiros na cabeça

 

crime2 local-baleado31

Um jovem de 25 anos, identificado como Luis Claudio dos Santos Carvalho, morreu após ser baleado na tarde desta terça-feira (31) por volta das 15h, na Avenida Beira Lago, no Parque Guarus, em Campos.

De acordo com informações da polícia, Luis estava sentado em uma pedra na rua na companhia de um amigo, que não foi identificado, quando dois homens passaram em uma moto e efetuaram vários disparos.

A vítima foi baleada na cabeça e chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Ferreira Machado (HFM). O amigo de Luis não foi atingido.

Luis passou por cirurgia, mas não resistiu ao ferimentos e morreu.

Policiais militares fizeram buscas nas proximidades, mas ninguém foi preso. A polícia investiga motivação e autoria do crime.

O caso está sendo investigado na 146ª DP/Guarus, onde a ocorrência foi registrada.

Campos 24 Horas

Terça-feira / 15:55h – Padre que teve foto pornográfica postada nas redes sociais pode voltar a celebrar missa

padre

O padre de Natividade, Norte Fluminense, que foi afastado após aparecer nu em fotos divulgadas em Miracema, sua antiga paróquia, poderá voltar a exercer suas funções caso não haja mais denúncias contra ele. É o que afirma o Bispo de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrería Paz.

Na última semana, o padre que estava à frente da Igreja Santo Antônio, também conhecida como Igreja Matriz, em Miracema, e havia sido transferido para Natividade, apareceu envolvido em uma polêmica, deixando a população local chocada. O padre teria trocado fotos eróticas com uma mulher e a mesma, por vingança, espalhado as imagens em redes sociais.

O padre confessou o “crime”, forma como o Bispo Dom Roberto classifica o ato cometido pelo pároco, que faltou com suas funções sacerdotais como reza o sexto mandamento.

“O padre perdeu o uso da ordem e não poderá exercer o ministério durante um ano, mas isso não quer dizer que ele tenha sido excomungado ou expulso da igreja. Ele está um ano afastado e, se dentro deste prazo, ele demonstrando arrependimento e se não houver novas denúncias, ele poderá voltar a celebrar uma missa”, explica Dom Roberto.

Ele explica que não existe uma sindicância aberta, uma vez que houve o fato (divulgação das fotos) já apurado e a confissão do padre e, a partir disso, a sanção já foi aplicada.

 

Fonte: O Diário de Campos

Blog do Adilson Ribeiro © 2017 Frontier Theme